Saiba Mais: Milho (parte 2): fubá, farinha, amido, beiju, glucose, óleo, flocos, pipoca

junho 16, 2008

Fubá, fubá mimoso e semolina

O fubá é a farinha de milho obtida a partir da moagem do grão de milho.
O fubá mimoso é o mais fino, utilizado na preparação de bolos e polentas. O fubá propriamente dito tem espessura média. A sêmola ou semolina é uma farinha de milho mais grossa, indicada para a preparação de broas.
Sempre que for fazer uma receita, primeiro misture o fubá com água fria e só depois leve a mistura ao fogo, o que evita que o fubá encaroce.
O fubá é usado para engrossar sopas, molhos e mingaus e fazer bolos e broas. É ingrediente básico da polenta.

Farinha de milho

A farinha de milho é obtida através do processo de torração do grão de milho, previamente macerado, socado e peneirado, e se apresenta sob forma de flocos.
É possível comprar farinha de milho pré-cozida, a qual é muito prática, pois reduz muito o tempo de cozimento.

Amido de milho ou maisena

É um hidrato de carbono, seco, em pó e sem sabor especial. O uso do amido confere às preparações consistência gelatinosa e delicada, sendo, por isso, incluído em receitas de molhos, cremes e mingaus. Ao ser levado ao fogo, deve ser mexido continuamente para evitar a formação de grumos e sofrer ação lenta do calor.

Farinha de beiju

É um produto regional, obtido do milho pré-fermentado, seco e moído, do qual se tirou antes a pele e o germe. É o ingrediente dos beijus, que, sendo preparados em chapas ou frigideiras anti-aderentes, têm aspecto final de panquecas brancas.

Glucose

A glucose ou “mel de milho” é uma espécie de mel utilizado em confeitarias no preparo de coberturas e que também pode ser usado para substituir o caramelo de açúcar em receitas de bolos e pudins.

Óleo de milho

O óleo de milho pode ser usado não apenas para frituras, mas, como todos os demais óleos vegetais, é um excelente substituto da manteiga em receitas de pães e bolos.

Flocos de milho

Os flocos de milho, também conhecidos como “corn flakes”, são usados como cereal matinal, consumido puro ou com leite, acompanhado ou não de frutas variadas.

Pipocas

O milho para pipoca é uma variedade específica de milho cujos grãos estouram quando aquecidos. Não é qualquer tipo milho que se presta para esse fim.

Clique aqui e leia “Saiba Mais: Milho (parte 1): escolher, conservar e usar”

Clique no nome da receita e veja foto, ingredientes e modo de preparo:

 Polenta Assada
Bolo de Farinha de Milho Pré-cozida de Liquidificador
Canjica Cremosa
Pudim de Milho Verde de Liquidificador
Receita de Pudim de Leite Condensado de Liquidificador
Receita de Bolo Invertido de Liquidificador de Abacaxi, Banana ou Maçã

Clique aqui e veja todas as receitas

Clique aqui e saiba mais sobre os alimentos

Aviso Importante: Este é um blog de culinária. O objetivo dos textos sobre os alimentos é meramente o de estimular o leitor a consumir uma dieta variada e nutritiva. Todas as informações a respeito dos benefícios advindos do consumo diário e contínuo de determinados alimentos são obtidas através da pesquisa realizada em publicações sobre o assunto. O tratamento de doenças deve ser realizado com acompanhamento médico.

Clique aqui para ler a bibliografia

About these ads

8 Respostas to “Saiba Mais: Milho (parte 2): fubá, farinha, amido, beiju, glucose, óleo, flocos, pipoca”

  1. Raquel Duarte Says:

    Armandinha,

    O fubá e a farinha de milho tem propriedades diferentes. Não tente substituir um pelo outro simplesmente, pois sua receita não dará certo. Entretanto, tudo o que precisa é utilizar uma receita que tenha sido desenvolvida e testada com farinha de milho, como o bolo de farinha de milho postado no blog: http://comendobem.wordpress.com/2008/06/09/receita-de-bolo-de-farinha-de-milho-de-liquidificador/

    Espero ter ajudado.

    Raquel Duarte

  2. Armandina Says:

    Ola. Eu li su a resposta sobre substituir o fubá pela farinha de milho. Não tem nada que possa substituir o fubá? Nem batendo a farinha no liquidificador?
    Obrigada por compartilhar.

  3. Raquel Duarte Says:

    Elenice,
    Você não pode simplesmente substituir a farinha de milho por fubá sem fazer mais nenhuma alteração na receita, pois a quantidade de água, o modo de preparo e o tempo de cozimento também teriam que ser alterados.
    Se quiser fazer um bolo com farinha de milho, veja esta receita: http://wp.me/pcIHP-2c
    Obrigada pela visita e volte sempre.
    Raquel Duarte

  4. Elenice Says:

    oi gostaria de saber se posso trocar o fubá por farinha de milho em uma receita de bolo de fubá…obrigada!

  5. Raquel Duarte Says:

    Fernanda Bocconi,
    A farinha de milho costuma demorar muito tempo para cozinhar. A farinha de milho pré-cozida é muito prática, pois reduz muito o tempo de cozimento. Nem toda farinha de milho é pré-cozida, por tanto, leia o rótulo da farinha com atenção.
    Obrigada pela visita e volte sempre!
    Raquel Duarte

  6. Fernanda Bocconi Says:

    Eu gostaria de saber se as farinhas de milho sao todas pré-cozidas ou nao.
    Obrigada

  7. Raquel Duarte Says:

    Lívia,
    Dependendo da sua receita, a glucose de milho pode ser substituída por mel. Entretanto, embora a glucose de milho tenha um sabor suave, o mel tem sabor ativo, o que pode alterar o sabor final da sua receita.
    Obrigada pela visita e volte sempre.
    Raquel Duarte

  8. Lívia Says:

    Oi… eu gostaria de saber se tem como substituir a glucose de milho por outra coisa???


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 59 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: